Chegará

by Julio García

supported by
/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.
    Purchasable with gift card

      €8 EUR  or more

     

1.
Chegará 02:10
1. Chegará Julio García (music) / Carmen Ros (lyrics) Oh! dia de paz Oh! dia de luz Oh! dia, dia do bem Chegará
2.
Sejam livres 03:28
2. Sejam livres Julio García (music) / Carmen Ros (lyrics) Arrancado foi de sua terra desde o Maranhão até um lugar sem nome No fim do mundo uma fazenda prisões a céu aberto céu sem estrelas Seja livre, livre-se João ao fim, seja sempre livre Seja livre, livre-se Tomás por fim, seja sempre livre Apartada foi de sua terra desde a cidade até uma praia com palmeiras No fim do mundo a cruz e cravos prisões em paraísos quartos sem janelas Seja livre, livre-se Maria ao fim, seja sempre livre Seja livre, livre-se Maria ao fim, seja sempre livre Roubado foi de sua terra tiraram sua família e lhe deram escopetas Tão só tinha doze anos a mirada de um menino e a morte nas mãos Seja livre, livre-se João ao fim, seja sempre livre Seja livre livre-se Tomás por fim, seja sempre livre Seja livre, livre-se Maria ao fim, seja sempre livre Sejam livres, livrem-se os meninos por fim, sejam sempre livres
3.
Gira 04:27
3. Gira Julio García (music) / Carmen Ros (lyrics) Um correio uma mentira uma recusa portas que se fecham e não posso abrir Um pretexto um imprevisto uma pergunta Porque quando pedi um dois saiu três? Não tenho respostas, pois não há mas não vou deixar-me enganar Gira o mundo, gira cambalhotas do destino e na volta do caminho a felicidade Gira o universo piruetas do destino e o que ontem foi tristeza é felicidade A esperança da primeira luz do dia e o primeiro raio da manhã A certeza de que sempre o sol esta aceso ainda que entre as nuvens eu não possa ver
4.
Eu não sei 02:37
4. Eu não sei Julio García (music) / Carmen Ros (lyrics) Eu não sei porque essa cara triste eu não sei porque o seu medo insiste eu não sei porque você não dorme eu não sei porque você se esconde A brisa do mar penteia seu cabelo a brisa do mar vai balançar seus sonhos a brisa do mar acaricia a sua cara a brisa do mar acalma a sua respiração
5.
5. Não é demais Julio García (music) / Carmen Ros (lyrics) Mais e mais amor não é demais Mais e mais amor não é demais Mais amor, não é demais As estrelas tão brilhantes em seus olhos se espelham Foi o Cupido que em meu peito cravou outra flecha Mais e mais amor... Os violinos tocam uma suave melodia e enquanto a sua mão se desliza pela minha Que beleza a sua cara à luz de velas O seu cheiro me faz perder a cabeça Mais e mais amor... Sua boca sem falar me faz um pedido Nossos corpos vão dançar a melodia do amor E mais, mais e mais amor
6.
Entardecer 02:54
6. Entardecer Julio García (music) / Carmen Ros (lyrics) Mar sereno o sol caindo devagar, amar meu amor, sem medo A praia vazia gaivotas voando devagar, amar meu amor, sem medo Mar Sol Gaivotas A praia Devagar, amar meu amor, sem medo
7.
7. Eu fiz uma canção Julio García (music) / Carmen Ros (lyrics) Hoje eu fiz uma canção pra tentar consolar ao meu pobre coração das suas feridas, amores que voaram momentos que passaram que nunca voltarão Hoje eu fiz uma canção pra tentar libertar ao meu pobre coração cativo no meu peito de desejos, de alegrias de sonhos, fantasias que não se cumprirão Eu ando por trilhas molhadas eu piso as poças do desencanto depois de buscar ilusões onde só havia lama Eu mancho papéis com riscos arrumo palavras, escrevo seu nome eu quero tirar tudo o que doe do meu coração, por isso eu... Hoje fiz uma canção para tentar ajudar ao meu pobre coração que covarde, tem medo de dizer eu te amo e eu fiz uma canção
8.
É azul 04:01
8. É azul Julio García (music) / Carmen Ros (lyrics) É profundo é insondável é imenso é infinito É como o mar é como o céu é como um lago é sereno Meu amor, depois de tanto tempo de te amar é azul, profundo, insondável como o mar é azul, imenso, infinito como o céu é azul, sereno como um lago É transparente como água de um rio é constante igual que a batida de seu coração é ligeiro como uma folha ao vento tão necessário é como alimento Meu amor... Me faz voar me faz sorrir me faz cantar ele me faz feliz Me da calor me da prazer ele me da tudo o que eu posso querer
9.
9. Sem correntes Julio García (music) / Carmen Ros (lyrics) Tenho vontade de sorrir tenho vontade de sonhar desperto tudo é lindo ao meu redor não poderia ser melhor Tenho vontade de avançar sem medo de me enganar tenho vontade de esquecer o que não voltará Tenho vontade de cantar e de lançar a minha voz ao vento desnudar meu coração e liberar meu sentimento Não tenho nada que ocultar não tenho nada que dissimular tenho vontade de dançar e de dar voltas sem parar Tenho vontade de viver tenho vontade de cruzar fronteiras soltar amarras e voar e conhecer o que longe me espera Tenho vontade de correr tenho vontade de romper correntes dizer adeus a dor e abraçar ao meu amor
10.
10. Verão eterno Julio García (music) / Carmen Ros (lyrics) Verão eterno prata no mar ouro no sol velas ao vento corpos morenos são tão felizes Felicidade sem fim Um paraíso com você perto de mim mundos azuis ondas, corais peixes de cores verdes, vermelhos e amarelos Felicidade sem fim E o paraíso é você estar aqui junto os meus olhos tudo está em calma tem um sentido Felicidade, não tem fim Pego areia nas minhas mãos... abro os meus olhos … estão vazias você está longe de mim e é inverno em Madri
11.
11. Ninguém como você Julio García (music) / Carmen Ros (lyrics) Você me diz que todos somos iguais eu sei que isso não é verdade Eu só queria ter a metade da sua coragem na vida tenho tanto que aprender de você Ninguém pode ser como você seu coração tão cheio de luz como a lua brilhante no meio da escuridão Eu gosto de ouvir a sua voz cantar uma canção tão cheia de cor como uma flor abrindo seu cheiro para fazer a vida mais bonita
12.
Baiana 02:40
12. Baiana Julio García (music) / Carmen Ros (lyrics) Quero comer acarajé quero provar seu abará Há moqueca de camarão e também há feijão! Baiana Quero caldo de sururu caipiroska de umbu Quero comer vatapá um cafezinho pra acabar Uh, Baiana
13.
13. Só quero amor Julio García (music) / Carmen Ros (lyrics) Para o seu querer eu vivo esperando para o seu querer eu morro esperando Só quero amor eu vivo esperando só quero amor eu só quero amar você
14.
14. Igual que terra Julio García (music) / Carmen Ros (lyrics) Algum dia eu serei como pó, igual que a terra Beberei água de chuva quando o céu se lembre de mim Em meu chão uma semente as raízes vão crescendo tronco que sobe até o céu ramas e folhas frutos e flores E sinto que algum dia eu serei tão generoso como a terra E darei sem pedir desprendido como a terra Em meu chão uma semente... Quando chegue o silêncio quando as luzes se apaguem... Não há frio nem calor já só tenho amor já só sinto amor igual que terra

credits

released February 19, 2009

All songs by Julio García (music) and Carmen Ros (lyrics).

With the voices of Lenna Pablo, Luisão, Beatrice Binotti, Gladston Galliza, Jomar Marques, Malagasy Gospel, Carmen Ros and Gabriela Maiztegui.

Julio García (acoustic guitar, bass, vibraphone, xylophone, keyboards, sound effects and percussions,)
Rodrigo Munuera (Spanish guitar on track 7)
Paulo Vieira (violin on track 6)
Lourdes Carranza (viola da gamba on track 14)

Produced, recorded and mixed by Julio García and Carmen Ros at Escalera Grabaciones Intrépidas, Madrid, Spain.

www.juliogarcia.eu
info@juliogarcia.eu

Links youtube Chegará
www.youtube.com/watch?v=8JOpT-f28l4&list=UUW1eXsayYR-v4epoqVpQD2A

license

all rights reserved

tags

about

Julio García Madrid, Spain

contact / help

Contact Julio García

Streaming and
Download help

Report this album or account

Julio García recommends:

If you like Julio García, you may also like: